Paulo Roberto!

No peito encravado
um punhal decorado,
é laço apertado
pra não desatar.

O sangue que corre
não mata nem morre,
no rosto escorre
pra um riso estampar.

Sentimento regado
nada é pecado,
o amor é sagrado
demais pra negar.

Doendo e sofrendo
agouro que entendo
e não me arrependo
de ter que enfrentar.

Se acaba é triste
pra quem não insiste,
o fim é um convite
pra recomeçar!
Marcadores: | edit post
6 Responses

  1. Muito lindo! O amor nos pertence e entregamos enquanto houver a troca ,quando a caba a gente se recupera, se enche de amor de novo e vamos recomeçar! Essa é a vantagem de quem se ama, sempre tem amor pra dar, porque ninguém pode dar o que não tem, né?! Montão de bjs e abraços


  2. kk' pior que pensamoos pq homens sempre defendem outros homens ^^...

    Briigadaa pelaa visitaah

    Bjooss

    By: Encalhadas de Plantão


  3. Anônimo Says:

    Ando para dizer isto há um tempo mas o seu blog é lindíssimo! É um prazer para os olhos e os sentidos!

    Assinado: Sandra Costa (do blog "Biblioteca Porta Aberta")


  4. Nssaa foii beiim profundo e concordo com vooc apesar de eu achoo que a maioriaa dos garotos naum prestarem ^^ com algumass exessões é claroo maiix beiim poucas kk'

    Bjooss


  5. Crys Says:

    Lindo e intenso...adorei seu blog...bjs


Postar um comentário

Espero que tenham gostado...

Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br