Paulo Roberto!

No entanto, não canto,
não falo e não calo,
sigo no embalo
triste do pranto.

Anoitece meu humor
tempestuoso e frio,
outrora no cio,
hoje nem vapor.

Fico com o peito largo,
sentimento de vazio,
tristeza é um rio
com gosto amargo.

Procuro alguma direção.
Na mente ainda dançamos
nos sonhos que criamos,
tudo é agora ilusão.

Esquecer é o destino,
depositei esperanças
inocente como fazem as crianças,
fica agora o homem pois morreu o menino.
Marcadores: | edit post
7 Responses
  1. Pare um pouco, chore tudo que tiver pra chorar e limpe o coração..... escute-o e siga-o..assim sempre vai estar no caminho certo.....
    Beijos querido.


  2. Olá, na vida a gente chora muito e ama muito mais... há um tempo para tudo... nada como um dia após o outro... vc vencerá vc mesmo! Espere e confie!
    Passo também para convidar vc a participar da BLOGAGEM COLETIVA ESPIRITUAL que já motivei hoje no meu post e que lançarei amanhã, passa lá e confere, tá?
    Vc poderá contribuir muito, mas fique à vontade!
    Bjs no seu coração


  3. Liza Leal Says:

    Em tuas palavras grandiosas
    Posso enxergar os rastros de criança sim...
    Através da pureza e beleza nos versos.

    bjo de bom dia!
    =)


  4. Insana Says:

    Chorar faz bem, limpa a alma e renova a essência..

    Bjs
    Insana


  5. E aí, companheiro?

    Vamos de humor agora?

    Venha para HUMOR EM TEXTO.

    Se gostar fica.

    Um abração carioca e parabéns pela poesia!


  6. Meu lindo amigo!
    Saudades!!
    Como você está, Paulo?
    Me manda um oi!

    Beijos


  7. Lolzinhah Says:

    Ameei.
    *Blog Perfeito.
    Sua visita é super bem vinda:
    http://marcadorfluorescente.blogspot.com
    (seguindo) =*


Postar um comentário

Espero que tenham gostado...

Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br