Paulo Roberto!

Quando foi que aconteceu?
Será naquela tarde
nada pra fazer, até
que sua notável presença me invade?

E com sorrisos expressivos,
histórias tantas pra contar,
gesticulando cenas com entusiasmo,
tão encantadora me aparece.

Será que foi quando me disse
sobre a pequena casinha de jardim
no alto do roseiral
onde admirava os beija-flores.

Quando será que se tornou tudo pra mim?
Tão pouco importa saber disso agora,
já esta na hora de me conformar,
essa é uma doce situação que não vai mudar.

Talvez, eu no silêncio me pergunte quando será que vai embora
e com certeza eu não quero saber dessa hora,
a resposta franca que eu queria
seria um nunca.

Mas por favor me faça esquecer das datas
me beije com todo seu desejo
aquece o coração que bate por ti aqui no peito
e eu me encarrego de te dar motivos pra ficar.
Marcadores: | edit post
8 Responses
  1. LLacerda Says:

    também venho tentando descobrir quando meu namorado se tornou tudo pra mim... lindo esse texto...picante até.


  2. Bya Says:

    Tudo existe em seu tempo certo...no entoar de cada...
    Abraços


  3. Gostei muito de sua poesia, tem um caráter pessoal, dramático.
    Grande abraço e sucesso!


  4. Paulo, estou dedicando um selo para seu blog, "MasterBlog"... Parabéns ao blog!


  5. Mahria Says:

    Quando acontece, agente nunca sabe. As fico tentando lembrar datas, para saber quando tudo dentro de mim começou. Mais o que importa né?

    Bjinhos
    Mah


  6. NOSSA QUE DELICIA DE POST.
    MUITO LINDO MESMO.
    BJOS E TENHA UM LINDO DOMINGO


  7. Paulo, faz um tempo que sigo e visito o seu blog... E como acho o seu blog muito bem constituido, digo, bem elaborado quis presentiá-lo. Obrigada pelo retorno e pela dedicação. Um beijo gracioso, Graciele Gessner.


  8. Que beleza de texto adorei!


Postar um comentário

Espero que tenham gostado...

Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br