Paulo Roberto!

Quem mo dera
ter só pra mim
a pureza do seu olhar.

Na beleza dos dias,
escrever na minha história
segredos íntimos
de nossa companhia.

Ter então nas mãos
o coração,
da mais bela
moça que já vislumbrei
um dia.

Quem mo dera
que por mim morresses de amor!

Que teus lábios
vivessem para tocar
os meus.

Que coloríssemos juntos
um mundo desenhado
por nós
só pra nós!

Como eu desejo
o sabor viciante
do seu beijo.
O universo
puro e inexplorado
do teu corpo...

Imaginando então
ser um pássaro leve
à repousar em paz
na palma de suas mãos,
sem nem sequer ser o vestígio de uma
lembrança sem sentido,
no fundo profundo do teu coração.
Marcadores: 17 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

"O que me encanta
não é apenas
o teu corpo quando
danças,
o teu requebrar,
não é o seu rosto
pintado,
seus lábios doces,
ou o cuidado
com os cabelos,
não apenas isso!
Nem as roupas
sempre bem delicadas,
ou até nem tanto assim...
Nem sequer apenas
as suas curvas,
ou sua sensualidade
natural...
O que me encanta
enfim,
é a beleza
que existe
infinda
dentro do olhar
suave
e brilhante,
aquele jeitinho
meigo
cravado na sensibilidade,
à força
e a naturalidade
com que fazem
dos passos cansados
um belo passo de dança"
Marcadores: 11 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

de existência poética.
E esse é meu selinho pra vocês... Todos os meus
seguidores, e todos os leitores do blog...

"Aqui expressas as minhas palavras,
e meus sentimentos...

O convívio com
amigos
de sangue,
e arte...

Foi um presente
pra mim
cada um
de vocês
que comigo compartilham
o amor pela leitura
e pela escrita!

O selo é pra vocês
que tanto me incentivaram
à prosseguir no caminho
da poesia!"

Como regra:
  • Apenas repasse pra cinco amigos blogueiros, que tenham também em suas opiniões, letras, formas e conteúdo!

Marcadores: 20 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

É que estamos tão distantes que mediante a situação não sei mais o que pensar...

Seus suspiros que me dizem segredos, segredos de medo que preferiria não escutar,
e seus passos que pesados demonstram que podem fraquejar,
que estão recusando a direção que decidiram sozinhos tomar...

Sei que é difícil seguir em frente por uma mesma rota sempre, sei que a rotina
tem sido torturante por muitas vezes, e claro eu sei que você tem se cansado
das minhas tolices, que meus defeitos, outrora tão ínfimos,
agora parecem pesar sobre suas costas cansadas de compartilhar comigo o peso de viver...

Pensa seguramente em partir e me deixar, eu não sou cego à ponto de não notar.

Queria apenas entender onde foi que erramos. Quando foi que deixamos tudo
isso acontecer? Todo aquele sentimento intenso e inquebrável
se dissolver assim entre suas próprias promessas, se perderam as letras que usávamos,
à quanto tempo não nos tocamos mais como nos tocávamos?
Lembro de termos nos prometido que tudo seria diferente, que de maneira
nenhuma seriamos igual à maioria das história sucumbidas de casal,
porém falhamos, embora eu acreditasse nas promessas de um pra sempre,
confesso que sempre esse foi o meu medo, que não houvesse uma maneira
de evitar que chegasse ao final!

E embora triste eu esteja por notar tantas coisas, e por ver nos seus olhos
que nem tem forças pra relutar quanto á todas as palavras que agora lhes disse,
provando então que estou certo...

Gostaria que soubesses embora eu não saiba exatamente que sentido faz
dizer, porém saiba que embora seja apenas um esboço perto do que
foi, o amor que sinto...

Eu ainda o sinto!
Marcadores: , 11 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

Queria me misturar ao seu corpo
dissolver-me em teus lábios...


Alcançar-te com meus dedos
prender-te em meus abraços.


Aprisionar-me em teus olhos
e ver o mundo
à sua maneira...


Deleitar-me com tuas palavras,
me viciar em teu perfume.


Queria morrer por ti,
viver por ti!


Sobretudo,
apenas queria
tantas palavras
não ter calado,
de tantos carinhos não ter lhe privado,
e... Que a morte não
lhe tivesse beijado tão cedo...
Marcadores: 7 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

Logo que chegava
espalhava a loucura
de ser sempre a mesma
independente do que acontecia,
sempre tão bela,
tão irreverente
e por vezes tão fria...

Todos podiam notar
sua ousadia,
seu jeito sempre
seu mesmo
de fazer tudo acontecer,
sem se importar
com o que iriam pensar
ou dizer...

Jovem flor
que desabrochava rápido
sem ao menos perceber!

Via ela passar pra lá e pra cá,
e suas únicas palavras
comigo
foram:

"Olá?! Quem é mesmo?!".

Queria falar do mar,
das estrelas,
queria lhe contar dos dias,
os dias longos
que passei na viagem de avião,
te falar de caramujos,
e feras, de peixes e ostras,
de pérolas...

Mas o que era interessante pra ela?

De tanto rodopiar em pensamentos
apenas gaguejei meu nome,
e arranquei o singelo sorrisinho dela...

Acalmou meu ser,
amansou minha alma,
quando ela perguntou:
"Paulo de quê?"!

Tão linda,
de serenidade e pureza tão bela,
não resistia aos assuntos do mundo,
e eu não resistia ao simples olhar dela!

Marcadores: 4 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

E mais um mimo hoje! Dessa vez do "Pelos Caminhos da vida", um cantinho lindo o qual eu recomendo pra todos os leitores de plantão, ela é ótima, e o blog dela é lindo!

Repasso pra todos vocês também, ao visitar a minha página, podem levar consigo!

Abraços!
Marcadores: 9 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

No solo que pisas,
nascem as flores que busco,
deixam então um rastro
lindo e perfumado,
por onde feito vício eu sigo!

É compulsivo,
não me satisfaço,
te observo à distãncia,
corro, porém,
não te acho...

A chuva que me molha a fronte,
que me despe!
As lágrimas quentes que ao licor
se misturam...
O suor e os gemidos,
uivos, gritos, sussurros...
O desespero!
Acorrentado à ti
por um laço
que só eu enxergo.

Só quero aproximar-me,
é intenso,
tal qual o sol sobre Mercúrio.
É assim cada vez que me aproximo,
por isso preciso parar
e ver-te,
perder-te
pra qualquer lugar...

É dor,
o corte tem sabor de amor,
mas é dor e é forte.
Me esperes,
da minha visão não sumas,
me ouça
que vozes te impedem?

Pare
meu corpo exausto
o teu corpo clama,
o meu oásis na loucura de seguir-te...

O deserto,
o mundo inteiro
é um deserto
sem o toque
dos teus dedos
impudico e incerto!

Marcadores: 7 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!



Meus caros, mais presentes da "Jaque"! Estes eu deixo aqui expostos, com muito carinho como sempre, e agradecido, e... Pra todos vocês meus seguidos, bisbilhoteiros, leitores, amigos, enxeridos, e encarecidos, depressivos, e animados, assíduos, e preguiçosos, porém sempre amigos!

Estes selinhos são pra vocês com muito carinho, isso mesmo,
podem ir pegando sem pedir licença!

Abraços meus caros, amo
todos vocês!
Marcadores: 2 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

"Jaque" meus sinceros agradecimentos pelo presentinho, como sempre adoro o carinho de vocês! Linda, Cecília é uma inspiração pra mim!
Adoro-a, e adoro-te!
Marcadores: 3 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

Aqui perdida!
Passando por horas
e por lugares,
encontrando perfumes
corpos, e olhares...

Vivendo de adeus,
perdida longe
dos verdes olhos teus.

Agora quem
que virá?!
Quem fará da cor
mais cinza
o mais colorido se tornar?

Da boca mais doce
e da suavidade
do toque,
a beleza,
e a doçura do que provei.

É ele se lembrará,
com certeza sim...

Acordo em meus sonhos
deitada entre
os braços teus!
Marcadores: 8 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

Caros amigos, peço que me perdoem pelo egoísmo da minha parte,
ganhei pois um presente de uma amiga que admiro muito,
na sua página faço constante morada,
apesar de não ser a pessoa mais presente em seus comentários
admito que não sou mesmo de ficar comentando,
porém faço-lhe aqui Mai, meus sinceros elogios,
adoro suas palavras, adoro ler o que escreves,
seu blog realmente merece o nome que tem "Inspirar-Poesia"

E muito obrigado pelo presente à mim entregue, muitíssimo
obrigado,
sendo tão importante a sua presença no meu cantinho
espero que não á perca de vista,
estou eu lisonjeado pela homenagem!

E meus parabéns pelo seu cantinho lindo...

Este presentinho fica exposto para todos os verem, porém
só pra verem.

Desculpem pelo egoísmo !!

Abraços!
Marcadores: 1 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

Um mimo do blog "Pelos Caminhos da Vida"!

Presentinho lindo, e aceito claro, com muito carinho!

Obrigado!
Marcadores: 1 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

"Só consigo nascer nos seus braços, é um parto cada vez que te toco, dar a luz todos os dias ao meu próprio eu cada vez que de você estou perto"!
Marcadores: 1 Comentários | | edit post
Paulo Roberto!

Nas mãos agora trêmulas
segurava firme o porta retrato
a cor nítida na fotografia
revelava até o brilho intenso daquele belo sorriso...

De saudades
meu ser foi tomado,
ver partir assim depressa
o grande ser amado!

Dor esta que a morte
não seria capaz de superar...
Minha sorte me abandona
em flagelo se torna, tive que ver partir
quem me prometeu sempre ficar!

O vento que cortava dolorosamente
o calor da minha alma...
Que abraçava o meu coração
e o apertava... Sussurra nos meus ouvidos:
"Solidão... Solidão..."

Olhar pro guarda-roupas vazio,
não ver seus sapatos em baixo da cama,
nem encontrar sua gravata na gaveta de meias,
ou seu óculos jogado na escrivaninha...

Como começar o dia?
Como levantar da cama?
Sinto falta da sua presença
e o que mais me magoa agora
é não saber se sentes falta da presença minha!

Embora eu te ame mais que acredite,
eu sei que eu te perdi,
apesar de todo tempo que ficamos juntos
não soube prender-te à mim...
E embora eu tenha falhado tanto,
magoado e te feito partir,
você que sempre amante
sempre me manteve atada à ti!
Marcadores: 1 Comentários | | edit post
Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br