Paulo Roberto!

É a beleza
que existe entre o abrir
dos meus lábios
e o fechar,
quando saem por
entre os mesmos
as palavras,
"Eu te amo"!

A perfeição
que existe
no suave
ou brusco
toque
de nossas mãos,
de nossos corpos,
de nossos lábios...

O inacreditável
desejo
de possuir
e se entregar
que nos consome
e o consumimos,
que se faz
sempre que por perto,
sempre que em pensamento,
sempre e por que simplesmente
um para o outro existimos!

Tudo o que
se faz de mais belo
entre
o se aproximar
e o se afastar
de nossos corpos,
corações e mentes!

O repousar sublime
de nossas almas
então sobrepostas
e por um só
motivo eternamente
unidas,
motivo este,
"O AMOR QUE SENTIMOS"!
Marcadores: | edit post
9 Responses
  1. Menino-Homem Says:

    grande Paulo,
    sempre cultivando com bonitas palavaras...

    abraços!


  2. Caro escritor, singelo e bonito poema. Meu carinho.


  3. Anônimo Says:

    Paulo,
    Vez ou outra eu passo por aqui prá mergulhar no seu universo poético. Isso me faz bem!!!
    Beijos


  4. BM Says:

    Belissimo poema! Parabéns!!!


  5. Sharon Says:

    Muito bonito, este poema alías belissimo, cheio de emoção e sentimento.
    Gostei muito.

    Um abraço



  6. Juliana Lira Says:

    Almas eternamente unidas...
    anjo você é um poeta.
    Fico grata por poder desfrutar desse dom.

    Mil beijos


  7. Anônimo Says:

    muito legal esses Poemas parabéns


  8. Eri jonhson POA Says:

    nota dez para esses caras


Postar um comentário

Espero que tenham gostado...

Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br