Paulo Roberto!

Esses negros cachos
quando enrolados com os meus,
segredam sobre laços
que amarram você e eu.

Esses dedos, o tato.
Os lábios, o paladar!
Não se cansam do ato...
Do tocar, do beijar...

Carnaval no peito,
bateria eletrizada!
Tocando de todo jeito
uma nota descompassada. 

É amor exposto
nos olhares desejosos,
no brilho intenso do rosto,
no roçar dos corpos nossos!



Marcadores: | edit post
3 Responses
  1. SILVIA Says:

    love your style honey!!!!
    xx =D


  2. Belo, amoroso e lírico. Um poema irretocável. Parabéns , inspiração magistral e apaixonante
    Abçs!



Postar um comentário

Espero que tenham gostado...

Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br