Paulo Roberto!

Você que veio pra inflamar minh'alma,
que até o seu silêncio
suspira sincero que me ama.
Você por quem meu peito clama.

Você que entende meu delírios,
motivo dos meus devaneios
e causa dos meus sorrisos.
Você por quem vivo.

Você que é quem preciso,
acordo satisfeita nos teus braços
e dormindo sonho contigo.
Você e só você, amante e amigo.

Não desanimes de nós,
escute o som rouco da minha voz
que suplicando balbucia:
Fique sempre comigo.
Marcadores: | edit post
11 Responses
  1. Juliana Lira Says:

    Sabe amigo poeta

    Eu já passei por isso que a sua personagem sente.
    Primeiro vem a sintonia perfeita...
    Depois o tsunami que nos tira todo o chão...
    E por ultimo o apelo, esse mesmo aí: "Fique sempre comigo!"
    É doloroso demais,Deus te livre de uma incerteza assim...
    Poema belíssimo,sei que continuará escrevendo cada vez melhor.

    Milhões de beijos


  2. Acho que todos nós passamos por situação desta pelo menos uma vez na vida.

    A entrega total é um risco que...não sei...talvez desnecessário. To numa fase meio de recuar para não cair.

    Beijo!


  3. Sol Brito Says:

    Lindo,lindo..passo aqui sempre pra dar uma respirada..rsrs

    Beijos!!


  4. Ser intenso, se entregar inteira ou inteiro, amar sem reservar...
    Perigoso, porem delicioso.
    Bjos meus!


  5. Sempre deixando-me sem ar. [já estou precisando de um balão de oxigênio] :)

    Ah Roberto, como gosto de vir aqui.
    Encanta-me sempre!

    Incontavéis abraços....


  6. romantic Says:

    que linda suplica em forma de poema.
    um bom fim de semana paulo.


  7. Cah. Says:

    adoro passar por aqui :D


  8. ACR Says:

    que lindo poder dizer isso ao ouvido de alguém...

    um anjo


  9. Juliana Lira Says:

    Saudades de seus textos poeta.

    Milhões de beijos



  10. dja Says:

    hum, o problema é o SEMPRE, lindo adorei. bjinhoss


Postar um comentário

Espero que tenham gostado...

Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br