Paulo Roberto!

Ai o menino sentia,
chorava as magoas que doiam sem marcar a pele,
pensava no próximo dia...
Que beleza esse teria?

No dia que se passou,
perdeu o sentimento pelo qual viveu...
Nascia o ódio, ele nem errou...
Que pecado ele se perguntava, que pecado ele cometeu?

Ele,
um coração que não cabe no peito...
Queria viver de outro jeito mas é impossível quando se aprende a sentir,
andava solto, e leve, desfrutando a beleza de tudo o que podia vir!
Mas então fora ferido,
teve o coração corroido, por uma fera sem sentimento,
que corre nos cantos da vida, e te pega à qualquer momento!
Sentimento vago é a ilusão!

Onde foi se meter o seu coração...

Hoje morreu um menino,
um menino ja velho se via então...

Na calçada se encontrava um corpo,
agora igual aos outros,
uma massa de carne pensante,
com sentimentos errantes...

Andando na contra mão!

Culpa dos olhos mais lindos,
da mão mais cedosa,
do sorriso mais aberto,
parecia a hora, o momento mais certo!

No entanto desiludido,
volta o menino crescido,
homem como todos os demais,
com o coração destruido,
bem vindo menino anjo, ao mundo dos mortais!
Marcadores: | edit post
2 Responses
  1. Amei o texto e tb a foto achei lindo! e de coração eu te vejo nesse texto.Um menino assim só pode ser vc.ESPECIAL DE MAIS!!!!!!!!!


  2. paulinhacazu Says:

    Quem nao se encontra neste menino...tao forte se tornar tao fraco por um capricho da vida... o ser humano em suas bailarinas...amei!!!!!


Postar um comentário

Espero que tenham gostado...

Related Posts with Thumbnails
BlogBlogs.Com.Br